“É algo meio que normal pra mim a condição de ser treinadora mulher”, diz primeira técnica no futebol profissional masculino de Rondônia

Joice Gomes anunciada como técnica do profissional masculino do Genus — Foto: Divulgação

A técnica Joice Gomes, do Genus, já está regularizada junto ao Boletim Infirmativo Diário (BID) da CBF. No clube, ela fará a estreia de uma mulher no comando de uma equipe profissional masculina em Rondônia.

O primeiro duelo será logo a decisão do Campeonato Rondoniense Série B 2021 diante do Pimentense. Ao ge.globo/ro, ela falou que não vê a chance como nada fora das possibilidades até porque já tinha tido experiência com a categoria masculina na base.

– Eu não digo pra você que é algo assim meio surreal ou diferente pra mim. Eu já trabalho na categoria de base desde 2016 na fundação do Porto Club. Estive também com o Juventude que era o time que tive a oportunidade no caso – disse a comandante.

É algo meio que normal pra mim a condição de ser treinadora mulher
— Joice GomesJoice Gomes regularizada no BID — Foto: DivulgaçãoGomes é formada em educação física e já dirigiu a equipe do Porto Club no estadual Sub-20 de 2018. Como treinadora, também passou pelo Rondoniense (sub-17) e comandou as equipes amadoras do Juventus e Libertar. Em 2020, ela atuou como preparadora física do Barcelona Feminino. E, em 2021, teve a mesma função na base do Porto Velho.Técnica do Porto Club — Foto: Joice Silva / arquivo pessoalO Genus é a maior chance recente na carreira de Joice como treinadora. A equipe já foi campeã estadual da primeira divisão em 2015 e vive ano de recuperação após perdas na diretoria. Segundo o presidente Evaldo Silva, é época de reconstrução e é nisso que Joice pretende ajudar.- É uma oportunidade de dirigir uma equipe grande. Uma equipe que tem história. A história que existe no clube é mágica. E estar a frente da equipe como treinadora é um desafio e tanto para mim. Sempre trabalhei com muita humildade e vontade de sempre querer o melhor para minha equipe e meus jogadores. Então não será diferente agora como técnica do clube – afirmou.

A equipe que estará em campo com o aurigrená, em sua maioria é sub-23. A treinadora fez parte da montagem da equipe, ainda sem ter sido confirmada. Ela também falou sobre a consciência dos jogadores para essa partida.

– Fiz parte da montagem sim. Os jogadores sabem da importância desse jogo, e sei que não faltará vontade em buscar o título.

Pois todos nós estamos buscando um único objetivo que é ser campeão – finaliza.

Genus e Pimentense vão decidir no próximo dia 15 de novembro (segunda-feira), às 16h30 (horário de Brasília), o título da Série B do Campeonato Rondoniense. A partida será realizada no estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho.

Por Juan Rodrigues — Porto Velho

Comentarios