banner farmacia  preço baixo
condaron

Familiares procura pedreiro desaparecido há mais de 20 dias na região de Jaru

Há mais de 20 dias uma família de Jaru (RO) busca por notícias sobre Gilmar Elias Gonzaga, que desapareceu aos 44 anos sem deixar vestígios. Gilmar é pedreiro e sumiu enquanto estava a caminho da casa de parentes de Governador Jorge Teixeira (RO).

Segundo Camila Souza Gonzaga, a filha de Gilmar, seu pai sempre teve boa convivência com moradores da zona rural de Jaru. A última vez que ela viu o pai foi em 25 de dezembro, dia do Natal.

“Meu pai é bem conhecido por aqui. Claro que ele tem seus problemas pessoais, mas nas últimas semanas antes de sumir ele não estava muito bem. O Natal ele passou comigo e estava de boa e no final do dia conversou comigo, dizendo que precisava sair de Jaru”, relembra.

Gilmar Elias Gonzaga, de 44 anos, desapareceu em Jaru após o Natal — Foto: Arquivo Pessoal

Com o desejo e decisão do pai de ir embora de Jaru, Camila diz ter entrado em contato com familiares que moram em Governador Jorge Teixeira. Esses parentes iriam receber Gilmar por alguns dias, e depois o pedreiro deveria seguir viagem para o Amazonas, onde iria trabalhar em obras

Durante o trajeto para Governador Jorge Teixeira, Gilmar desviou o caminho e resolveu, segundo Camila, parar em um sítio de amigos.

“Ele foi para Theobroma (RO) e parou na Linha 603, na casa de uns conhecidos dele e por lá ficou o restante do dia. Fiquei no aguardo de alguma resposta se ele havia chegado na casa do meus familiares em Governador Jorge Teixeira, mas nunca chegou lá”, revela.

Preocupada com a falta de notícias do pai, Camila falou com uma tia, que descobriu o contato do mototaxista que levou Gilmar até a casa dos amigos em Theobroma.

Ela [tia] ligou para esse pessoal, amigos do meu pai, e eles disseram que ele tinha ido caçar em uma mata. Ficamos tranquilos porque achamos que ele estava por lá. Mas com o tempo ele não apareceu, nem deu notícias. Minha tia novamente entrou em contato e aí eles falaram que ele não havia retornado”, diz a filha.

Camila ainda conta que o pai tinha experiência de entrar na mata para buscar locais de pesca, mas o fato de não ter nenhuma notícia durante todo o tempo, fez com que toda família ficasse preocupada.

Diante da resposta dos conhecidos do pai, de que ele não havia voltado da mata, foi registrado o boletim de ocorrências, mas Gilmar ainda não foi encontrado.

Buscas na mata

No último fim de semana, o Corpo de Bombeiros realizou uma operação de buscas na mata onde supostamente Gilmar entrou. Foram usados cães farejadores na tentativa de encontrar Gilmar.

As buscas aconteceram em uma área de 95 hectares. Além dos cães, os militares usaram drone e tiveram ajuda dos familiares e amigos.

No entanto, os bombeiros não encontraram vestígios que indicassem que a vítima esteve recentemente na mata.

A investigação do desaparecimento de Gilmar continua também sob o comando da Polícia Civil.

Bombeiros percorrem mata fechada em busca de homem desaparecido em Jaru, RO — Foto: Reprodução/CBM

Comentarios