banner farmacia  preço baixo
condaron

Funcionários de site de noticias de Jaru são conduzidos por utilizarem frequência de rádio ht da PM

Na sexta-feira (22/10), policiais militares deram voz de prisão a funcionários de um Site de notícias do município de Jaru/RO, por estarem em uso de rádio ht, que segundo informações era utilizado na frequência da Polícia Militar e Bombeiro Militar.

A guarnição de serviço foi acionada para prestar apoio a equipe Bravo que estava em atendimento a uma denúncia de furto em uma loja onde o autor do delito havia evadido do local em um Pálio preto e que o denunciante seguiu o veículo sendo informado pelo 190 que o mesmo estava estacionado na Rua Afonso José, no morro do sapo.

Enquanto as informações que eram transmitidas via rádio da Central de Operações para as guarnições, à medida que o denunciante ia informando a equipe do 190, a guarnição junto com a equipe Bravo iniciou uma diligência para localizar o Pálio, até que chegasse a informação de que o veículo estava estacionado na Rua Afonso José.

Ao chegar no local onde estava o suspeito do suposto furto, foi observado alguém no interior de outro veículo na esquina da Rua Afonso José com a Rua Piauí, segurando um celular, aparentando estar tirando foto, que conforme já havia uma informação de denúncia anônima, relatando que o dono de um site, estaria em uso de um rádio HT na mesma frequência da PM e do BM e que o rádio HT ficava no balcão do escritório, e segundo o denunciante informou que por diversas vezes ia no escritório, ouvia o rádio e percebia que estava na frequência da PM, que uma funcionária do site teria dito ao denunciante anônimo que no escritório tinha um rádio HT na frequência da PM, que o denunciante anônimo afirma que uma PM que é amiga do dono do site e desconfiava que ela que teria passado o rádio para ele, bem como informações de ocorrências, e que diante do conhecimento dessa denúncia, foi realizada a abordagem no veículo suspeito, uma Toyota Etios.

Na abordagem, estava dentro do veículo duas mulheres, que na revista veicular foi localizado um rádio HT da marca Boafeng sendo operado na frequência da PM, foi constatado também, que a condutora do veículo não tinha CNH, diante dos fatos as envolvidas receberam voz de prisão e conduzidas à UNISP ao delegado de plantão.

O denunciante anônimo informa que é comum a equipe do site chegar nas ocorrências policiais ao mesmo tempo que as guarnições ou até mesmo antes, produzindo assim, fotos dos locais das ocorrências policiais e publicando matérias.

A condutora do veículo Etios, afirmou que o rádio HT ficava no escritório sobre o balcão, e que quando chegava alguém eles escondiam o rádio HT embaixo da bancada e que o mesmo pertence ao dono do site de notícias, outra ocupante do veículo também confirmou a versão acima.

A equipe Bravo, localizou o dono do site que foi conduzido até a UNISP, onde recebeu voz de prisão, como também as outras duas envolvidas e foram apresentados ao delegado de plantão

Fonte: Rondônia em Ação

Comentarios