banner farmacia  preço baixo
condaron

“Matei e mataria outra vez”, diz mulher que matou homem em rodoviária ao ser presa

A Polícia Militar de Espigão do Oeste registrou um homicídio no final da  noite desta terça-feira (04), onde um homem foi morto a socos e pontapés.

O crime aconteceu no terminal rodoviário de Espigão do Oeste, após uma mulher e um homem, ambos moradores de rua  se desentenderem. Após o crime, a mulher tomou rumo ignorado.

Populares que avistaram o homem caído ao solo, todo ensanguentado, ligaram para a Polícia Militar, que compareceu ao local, onde constatou o fato.

Uma Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros também chegou com brevidade ao local, porém só foi possível constatar o óbito da vítima.

Durante o registro da ocorrência, policiais de outras guarnições de Rádio Patrulha intensificaram patrulhamento nas mediações e conseguiram localizar a suspeita.

Ao ser questionada se ela teria algum envolvimento na morte do homem, a mulher foi categórica e afirmou que matou e matava novamente se fosse preciso,

“Eu o matei com chutes na cabeça e o mataria de novo se fosse preciso, não me arrependo”, afirmou a suspeita.

Segundo a mulher, o motivo foi porque o homem teria xingado a mãe da vítima.

Diante da situação, a mulher recebeu  voz de prisão e foi conduzida para a Unisp, onde foi apresentada ao delegado de plantão.

A Polícia Técnica compareceu ao local, onde realizou os trabalhos periciais, porém a vítima não foi identificada, pois não portava documentos e era morador de rua.

Comentarios