banner farmacia  preço baixo
condaron

Mulher dá à luz bebê do marido que morreu há 14 meses

Uma mulher deu à luz o bebê de seu marido, que morreu há 14 meses, usando embriões congelados. Sarah Shellenberger tem 40 anos e celebrou o nascimento de Hayes dizendo que ele é seu “remédio” após a perda do marido Scott para um ataque cardíaco.

Mulher da à luz filho de marido que morreu há um ano (Foto: Reprodução/Instagram)
Mulher da à luz filho de marido que morreu há um ano (Foto: Reprodução/Instagram)

Sarah e Scott tinham acabado de iniciar o processo de fertilização in vitro, quando ele não resistiu à parada cardíaca repentina. Ela tinha certeza, então, de que o marido gostaria que ela desse à luz o bebê e engravidou de Hayes em agosto passado, seis meses após a morte de Scott.

O casal começou a namorar em 2017 e se casou um ano depois. Ambos tinham o sonho de serem pais e tentaram engravidar várias vezes, sem sucesso. Sarah e Scott decidiram tentar a fertilização.

Pelo alto custo do processo nos Estados Unidos, eles optaram por fazer em uma clínica em Barbados e a primeira tentativa foi em dezembro de 2019. Eles conseguiram um embrião saudável e quiseram tentar novamente em fevereiro de 2020.

Desta vez, Sarah foi sozinha à clínica e, durante a viagem, Scott sofreu um ataque cardíaco enquanto dava aulas. Ela voltou para casa o mais rápido possível e o encontrou já entubado no hospital. Scott doou seu fígado e rins, salvando a vida de três pessoas.

Uma semana depois da morte dele, a clínica informou a Sarah que ela tinha mais um embrião saudável. O casal havia preenchido a papelada antes de iniciar o processo de fertilização, incluindo o que aconteceria com os embriões se um dos cônjuges falecesse. “Dissemos que queríamos que o outro fizesse o que quisesse com o embrião.”

Então, em agosto, Sarah engravidou e deu à luz a Hayes em maio deste ano. Ela ainda pretende usar o segundo embrião para ter mais um filho de Scott.

Comentarios