banner farmacia  preço baixo
condaron

URGENTE – Polícia Militar não está nas ruas, familiares dos PMs voltam a trancar os portões e várias cidades estão sem policiamento em Rondônia

Na manhã deste sábado, as mulheres e familiares dos Policiais e Bombeiros militares, que já haviam decidido abrir os portões do 8° Batalhão da Policia Militar de Jaru, voltaram  atrás e decidem manter o local fechado até que seja tomada uma providência até a próxima segunda-feira (14) quando haverá uma reunião com o Governador Marcos Rocha para tratar das reivindicações.

Como não houve acordo com o Governo do Estado de Rondônia durante reunião realizada na tarde desta sexta-feira (11) em frente ao Centro Político Administrativo, em Porto Velho, esposas e filhos de policiais militares lotados no 8º Batalhão da Polícia Militar em Jaru fecharam no final da tarde os portões do Quartel do 8º BPM.

As esposas dos policiais militares de alguns batalhões de Porto Velho, Ji-Paraná, Ouro Preto e  Machadinho D’oeste e Rolim de Moura tbm fecharam os portões do 10⁰ batalhão.

O manifesto visa sensibilizar o governador Marcos Rocha para a realização do reajuste de perdas salariais da categoria. A família dos militares cobram do Governo de Rondônia um realinhamento salarial de 24% que teria sido prometido pelo governador à classe, no entanto, o aumento salarial proposto pelo Poder Executivo e aprovado pela Assembleia Legislativa aos membros da Segurança Pública do Estado foi de apenas 8%.

Várias tendas e barracas foram montadas desde o final da tarde desta quinta-feira (10) e as esposas e filhos acamparam em frente aos quarteis em varias cidades do estado, segundo as esposas, não há prazo para o fim do manifesto, enquanto não houver uma proposta que agrade a classe, elas deveram permanecer em frente aos quarteis.

Fonte: Rondoniaemacao

Comentarios